sobremim.png

Prazer, Pâmella Miraglia

Sou casada com o Danillo, meu amor há 19 anos e sou mãe de dois meninos, razões da minha vida! Sou enfermeira, atuava em centro obstétrico e nos cuidados com a parturiente. Eu AMAVA meu trabalho! Não vou mentir. Nessa época até criei um grupo no finado ORKUT e um Blog chamado "Diário da Tentante" onde com meus conhecimentos eu ajudava muitas mulheres que tentavam engravidar. Repara que sempre fui do digital, hehehe, até meu marido eu conheci no bate-papo da UOL, acredite se quiser!

 

Mas vamos continuar, o sonho da minha vida sempre foi único: SER MÃE! Realizei esse sonho com 26 anos e escolhi não voltar pra vida "doida" da área de saúde para ficar com meu filhote.

 

​Me joguei no home office! Criei meu ateliê em 2012 (Mamãe Arteira) e fui aos pouquinhos batalhando para me destacar no mercado de papelaria personalizada.

Quando meu negócio começou a dar certo, Léo já estava com 2 aninhos e o Fê um bebêzinho de colo. Então sei bem do "Deus me livre mas quem me dera" que é empreender em casa.

 

​Nesse caminho da papelaria fui muito feliz! Fui designer da Silhouette Brasil, fiz algumas festas famosas ao lado da Andréa Guimarães, comecei a participar de feiras artesanais, ministrei cursos, entre outras realizações.

 

Mas daí que no meio desse caminho descobri o artesanato em feltro. Comecei como hobby para desestressar da papelaria, mas quando percebi já tinha mudado de segmento! Doida? Talvez... Mas fiz dar certo! Conquistei clientes que me acompanham até hoje, fui convidada a lançar uma linha de feltros com meu nome, fui parceira de grandes empresa, entre outras tantas realizações. Ralei nível hard, chorei, errei muito, caí várias vezes, me julgaram

, julguei, puxaram meu tapete, enfim... E adivinha, nesse turbilhão todo entre maternidade e empreender, caí na ansiedade e depressão. (já contei sobre isso num post lá no Instagram)

 

Me recuperei! Mas aprendi a tirar o pé do acelerador. Comecei a dar muito valor a minha saúde emocional, ao meu tempo ao lado dos meus filhos e marido que amo tanto. Lembrei do motivo maior que me fez decidir empreender em casa. Percebi que o segredo pra fazer dar certo era estudar bastante, mas principalmente me conhecer, acreditar em mim, respeitar meus limites, buscar os objetivos no meu tempo, sem comparações.

Seja bem-vinda(o)!